Consequências caso aluna UNIBAN

Título da notícia: Aluna com pouca roupa provoca tumulto em universidade e vídeo cai na web

Nosso propósito é justamente discutir os acontecimentos que envolvem a internet, emails etc. E este caso é típico, claro para mostrar as conseqüências para os dois lados, vítima e agressor.

Em resumo a garota foi para a universidade vestindo pouca roupa e não estamos aqui para julgar suas ações, mas sim para comentar sobre o vídeo que foi publicado na internet.

Ao que parece ocorreu uma revolução de alunos em cima dela e para variar alguém gravou tudo. Portanto esta é um ótimo momento para relembrar que o fato dela se expor com muita ou pouca roupa não dá direito aos outros de fotografá-la ou filmá-la sem a sua autorização e muito menos de expor essas imagens na internet ou qualquer outro meio de comunicação, a não ser quando se torna um fato noticioso para fins jornalísticos.

Recordemos:

Direito à imagem é uma garantia constitucional e ninguém pode utilizar a imagem de outrem sem prévia autorização, sendo menor de 18 anos a autorização deve ser dos pais. O que pode acontecer?

Uma ação civil por uso indevido de imagem contra os autores e a garota poderá pleitear a retirada do conteúdo do youtube, bem como indenização pelo ocorrido.

Para ela, as conseqüências vão além, talvez ela mesma não tenha noção, mas a retirada deste vídeo do youtube não garante que esse conte’;udo não seja mais utilizado, pois não sabemos mais onde ele foi parar e por mais que se faça uma busca pode ainda estar em algum site que não tenha sido detectado ou sendo enviado por email.

Link da notícia

Abs a todos
Cristina Sleiman

Foto deixada no Orkut facilita prisão

Rapaz que foi à uma festa preparado para matar facilita sua prisão por deixar foto no Orkut. Após matar sua vítima e fugir para casa dos pais, delegado copia sua foto disponível no Orkut e envia para outra delegacia, que por sua vez consegue encontrar o bandido.

http://www.cidadeverde.com/geral_txt.php?id=45525

Em outro caso:

Após acessar o site e imprimir as fotos, as patrulhas passaram a procurar os acusados. No fim da manhã de ontem, um dos acusados foi localizado, em uma residência, no bairro Granja Portugal.

http://diariodonordeste.globo.com/materia.asp?codigo=625884

Rapaz publica suas fotos e facilita tb a busca da polícia.

Nestes casos os efeitos foram positivos, mas lembrando que da mesma forma que a polícia procura por fotos e informações na internet os bandidos também. É preciso muito cuidado para não se expor de forma negativa!!

Em 2009 Redes sociais são consideradas como alvo principal dos crackers

Com o aumento da adesão dos internautas a redes sociais como Facebook e Twitter, aumenta também o interesse dos hackers pelas vulnerabilidades desse tipo de site. Uma empresa especializada em segurança informou que nunca o índice de ataques foi tão grande. (…) Segundo a Symantec, algumas mensagens no Twitter estão sendo utilizadas para enviar links para download de um malware de nome “Downloader.Sninfs”, que transforma o arquivo no trojan “Infostealer.Bancos”, um caçador de senhas.

Fonte: Terra Tecnologia veja na íntegra: http://tecnologia.terra.com.br/interna/0,,OI3930762-EI4805,00-Redes+sociais+sao+principal+alvo+de+hackers+em.html

Apenas relembrando que o hacker é o usuário do bem enquanto o cracker é o usuário do mal… mas o assunto vem a tona para que todos os usuários tomem cuidado, pois cada vez mais podem ser alvos de pessoas má intencionadas.

Portanto lembrem-se não cliquem em qualquer link, a notícia deixa claro que nestes casos a metodologia é a mesma.. o que chamamos de engenharia social… tentar enganar o usuário e induzi-lo a clicar no link. Assim, fique ligado nos links que recebe!

Abs

Cristina Sleiman