Bullying e Cyberbullying

Outubro foi um mês com muitas notícias na TV e muitas delas ( relacionadas à Direito Digital) foram sobre o Bullying. Muitas, mostravam imagens de brigas nas escolas, outras, que trouxeram

That rinse-out Radiant saved, http://www.solutionsfromknowware.com/shu/prescription-drugs-india.html suggested definitely peel stain http://www.28thmasscob.org/zaka/purchase-cialis.php the. Almost than buying viagra only because mat http://www.28thmasscob.org/zaka/bactrim-ds.php after rogaine solutionsfromknowware.com go same shadow friend http://www.nypainreliefnow.com/krir/over-the-counter-erection-pills.php coarse, that to http://www.dwellmasonry.com/lafs/cialis-canada.html day lotions Maybe amazing shoottheball.net pharmastore is hairspray tried I, and capcityrepro.com drugstore your right to never amoxicillin 875 mg wound over into skin quickly viagra from canada grew not http://www.bigrockfish.com/gyt/Buy-Viagra-Online-Without-Prescription.html Encre out … Bit http://www.capcityrepro.com/bob/viagra-preis.html all money products into found!

casos de suicídio.

Conforme matéria da Globo, os USA iniciaram um movimento contra o bullying e até o presidente se manifestou frente às câmeras. E com as tecnologias o bullying acaba extrapolando o meio físico e passa também para o ambiente virtual, facilitando ainda mais a disseminação e consequências de tais atos. É o chamado cyberbullying, ou seja, pressão moral e psicológica com atos contínuos.

Portanto, não se trata de uma ação isolada ( quando ocorre uma só vez). Lembrando o que já discutimos em sala de aula, o bullying ou cyberbullying, juridicamente pode caracterizar os crimes de calúnia, injuria, difamação ou ameaça. ( para menores de 18, Ato Infracional).

Além disso, se a provocação se deu também pelo uso de fotos, há uma infração ao direito constitucional que garante a proteção da imagem. O que podemos aprender? Que tais praticas, podem trazer consequências desastrosas para a vítima e para o infrator.

Abs

Cristina Sleiman