Pesquisa mostra que crianças no Ensino Fundamental cometem crimes online

Uma pesquisa feita pela Rochester Institute of Technology com 40.079 alunos de 14 escolas diferentes mostra que é mais ocorrente o fato de crianças cometerem crimes online do que serem vítimas de crimes online. Os principais crimes reportados foram bullying, troca de imagens inapropriadas, download de vídeos e músicas ilegalmente (sem pagar direitos autorais) e entram nas contas de outros (hacking).

O problema maior aparece em crianças entre 6a e 8a séries (7o a 9o anos), onde 45% relatam ter cometido algum crime, enquanto que 39% relatam ter sido vítimas.

Leia a reportagem completa (em inglês) em http://www.democratandchronicle.com/apps/pbcs.dll/article?AID=/20080618/NEWS01/806180339/1002/NEWS.

Por isso é tão importante refletirmos sobre nossas ações quando estamos na Internet. O mundo virtual dá a ilusão de anonimato, mas será que isso significa permissividade para fazer tudo que desejamos, sem pensar no bem do outro?