Facebook – todo cuidado é pouco – Novo Malware tem como foco usuários do Facebook.

Bandidos chegam ao Facebook e tentam ludibriar usuários, portanto, todo cuidado é pouco, pois assim como qualquer outra rede social o Facebook também tem suas vulnerabilidades.

Segundo notícia do www.networkworld.com, a empresa de segurança Trusteer Wednesday identificou um novo ataque de malware contra usuários do Facebook. O mesmo visa roubar dinheiro dos usuários da rede social via o Sistema de E-Cash Ukash ( seria um sistema de E-Commerce com pagamento de cartão de crédito) com a desculpa de que seria necessário o pagamento para desbloqueio de sua conta.

Este malware é uma nova variação do Carberp Trojan que induz as vitimas a divulgarem suas informações de pagamento para o Voucher eletrônico do Ukash.

IMPORTANTE: De acordo com a empresa Trusteer o Carberp botnet funciona substituindo qualquer pagina do Facebook por uma página falsa, onde o usuário é informado que sua conta está temporariamente bloqueada e que deve fornecer informações pessoais, como nome, e-mail, data do nascimento, senha e um numero de voucher do Ukash no valor de 20 euros para confirmar a identidade do usuário e desbloqueio da conta.

Também faço parte do Facebook, mas lembro que temos que agir com certos cuidados.

Cristina Sleiman

Jovem morto após marcar encontro pela internet

Segundo notícia publicada no jornal Zero Hora e no Terra Notícias, um jovem de 20 anos foi executado na noite no mês de janeiro, em São Leopoldo (RS), logo após marcar um encontro com meninas por meio do site de relacionamentos Orkut.

Conforme depoimento de testemunhas enquanto esperavam um homem saiu de um táxi e começou a atirar contra eles.

http://noticias.terra.com.br/brasil/interna/0,,OI3431741-EI5030,00-Jovem+e+morto+no+RS+apos+marcar+encontro+pela+web.html

Comentários: Quando mencionamos que não se devem publicar mensagens que mostre situações da vida pessoal de cada um, inclui encontros, endereços, telefones…

Essas informações deixam as pessoas vulneráveis e quem tiver acesso a elas poderá se aproveitar.

Portanto, todo cuidado é pouco.

Abs
Cristina Sleiman