Câmeras em lojas podem fazer check-in automático no Facebook:

Desenvolvido pela Redpepper, o Facedeals reconhece o rosto da pessoa assim que ela passa pela porta de entrada. Enquanto o cliente entra no estabelecimento, o recurso faz uma busca para encontrar aquele usuário e, então, faz o check-in.

http://olhardigital.uol.com.br/jovem/redes_sociais/noticias/lojas-poderao-fazer-check-in-de-clientes-no-facebook-pelas-cameras

E a privacidade como fica?
Cristina Sleiman

E a discussão sobre privacidade no Facebook… continua

Como mais recente notícia sobre o assunto, foi publicado por Thiago Barros no Tech Tudo da Globo.com, a matéria “Facebook diz que não há violação de segurança ou privacidade de dados dos usuários”.

Explica Thiago que correu o boato de que o site rastreia seus usuários mesmo após o logout, Segundo a equipe do Facebook, não há rastreamento dos dados dos usuários. Em vez disso, os cookies são usados em plugins sociais para personalizar o conteúdo (mostrar aos usuários o que seus amigos curtem), para ajudar a manter e melhorar o serviço do site e para a segurança (evitar que menores de idades se inscrevam na rede social).

A polemica teve início após analise de um australiano aos códigos de programação do Facebook, que percebeu que bastava um usuário clicar no botão “Curtir”para ele começar a ter seus dados rastreados – sem nenhum tipo de aviso ou pergunta.

Segundo informações apresentadas o Facebook faz uso de cookies e, três deles em computadores de alguns usuários inadvertidamente incluíam identificadores únicos quando o usuário desconectava do Facebook. No entanto alega a empresa que não foram gravadas/registradas tais informações o que não possibilitaria seu uso. Além de todo o exposto a empresa alega que já fez a correção para que os cookies não incluam informações pessoais em relação ao usuário quando desconectar.

Link direto da notícia: http://www.techtudo.com.br/noticias/noticia/2011/09/facebook-confirma-que-botao-curtir-repassa-dados-dos-usuarios-e-promete-correcao-dos-cookies.html

Cristina Sleiman

Convite de festa pelo facebook acaba mal… mais de 1500 pessoas apareceram

O caso ocorreu na Alemanha, mas serve de exemplo para qualquer usuário e lugar. Situações pessoais deve ficar entre amigos. Não se esqueça que a internet é aberta dependendo de onde foi publicado qualquer pessoa com acesso à internet poderá ler seu convite!!!

Lembre-se todo cuidado é pouco, imagine 1.500 pessoas na sua casa??

Vejam a matéria original e na íntegra: R7 Notícias

Cristina Sleiman – cristina@sleiman.com.br